100 policiais recebem casa própria no Rio

Governo pretende
aumentar proteção
de profissionais da
Segurança Pública

O sonho da casa própria será realidade para 100 profissionais de Segurança Pública cariocas inscritos no plano habitacional do Pronasci, o programa do governo federal que articula a política da segurança cidadã. O ministro da justiça, Tarso Genro, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e a presidenta da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Coelho, inauguram nesta quarta-feira o condomínio Trieste, no bairro Campo Grande. No total, são 340 moradias, dessas, 100 são destinadas a policiais civis e militares, bombeiros, agentes penitenciários e peritos do estado.

A iniciativa do governo federal visa proporcionar melhor qualidade de vida e moradia digna aos policiais, que muitas vezes correm risco de morte no local em que vivem, em decorrência de sua profissão. A intenção é valorizar o policial, como explica o secretário-executivo do Pronasci, Ronaldo Teixeira. Com essas 100 unidades, o Pronasci totaliza 300 moradias entregues a servidores da segurança do Rio. A meta é destinar três mil até o final do ano.

Isaías Monteiro

Baixe e ouça


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: